Bem vindos!!!!

Que este canal de comunicação nos sirva de partilha de experiências e mais um espaço de formação e capacitação daqueles que acreditam na missão de evangelizar atraves dos meios!

Tenhamos como base do Documento 59 da CNBB - Igreja e Comunicação Rumo ao Novo Milênio - Veja em Material de Pesquisa.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

A Pastoral da Comunicação (PASCOM) do Regional Sul 1 da CNBB (estado de São Paulo) realizou, de 18 a 20 de novembro, o 17º Encontro Regional da PASCOM, com o tema "A Comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil" - uma reflexão sobre o Estudo 101 da CNBB.A Diocese de Caraguatatuba,esteve representada pela Coordenadora Diocesana da PASCOM -Nara Ruiz,pela jovem da Paróquia Imaculada Conceição,Caroline Rosa,e a Srª Manuela da Paróquia Nossa Senhora das Dores -setor Ubatuba.


O encontro, que aconteceu no Centro de Convivência Mãe do Bom Conselho, em Jundiaí (SP), foi assessorado pelo Pe. Evaldo de Souza, missionário redentorista e diretor de produção da Rede Aparecida.

Cerca de 80 agentes da PASCOM refletiram, a luz do Estudo 101, a comunicação da Igreja Católica na atualidade e os trabalhos dos agentes nas arquidioceses e dioceses, destacando os caminhos e os desafios de comunicar o evangelho na atualidade frente as novas tecnologias.

Inicialmente Pe. Evaldo apresentou um apanhado geral sobre o significado da comunicação e sua evolução ao longo da história, passando por teorias da comunicação, símbolos, e semiótica, contextualizando com a evolução dos meios e os caminhos trilhados pela Igreja no que se refere ao assunto comunicação.

Para Pe. Evaldo, a PASCOM deve ser uma pastoral que dá força orgânica as demais pastorais existentes na Igreja, com o desafio de trabalhar na sociedade midiática (de informação).

Pe. Evaldo destacou pontos importantes do Estudo 101, traçando um paralelo com suas experiências como profissional de comunicação na TV Aparecida, dando pistas importantes para que os agentes possam desenvolver nas suas (arqui) dioceses.

O encontro também foi um importante momento de troca de experiências, reflexões e intercâmbio entre os agentes da PASCOM.
Dom José Moreira de Melo, bispo referencial da PASCOM no Regional Sul 1 esteve presente durante todo encontro, que também contou com a presença da Ir. Maria Celeste Ghilslandi, Assessora da PASCOM, Pe. Marcos Vinícius (coordenador) e demais membros da coordenação da PASCOM no regional.

O bispo de Jundiaí, dom Vicente Costa, acolheu todos os participantes na noite de abertura e presidiu missa no sábado, 19, pela manhã.

Dirigida aos participantes, foi lida na abertura do encontro, a mensagem da Presidência do Regional Sul 1, onde destaca as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora, "certamente vocês vão se inspirar também nas DGAE, identificando os sinais dos tempos presentes em nossa realidade, para projetar uma pastoral da comunicação que responda à altura das necessidades urgentes do momento".

Após três dias de reflexão, discussão e avaliação, o encontro foi encerrado, às 12h, do domingo, com a benção de Dom José, ocasião em que todos os participantes receberam das mãos de dom José e da Ir. Maria Celeste, uma lembrança do encontro: uma pequena garrafa com vinho, símbolo da cidade de Jundiaí.



Fonte:Diocese de Limeira

sábado, 19 de novembro de 2011

Presidência do Regional Sul 1 envia mensagem aos participantes do 17º. ENCOM


MENSAGEM PARA O ENCONTRO REGIONAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

São Paulo, 17 de novembro de 2011


Prezado Dom José Moreira de Melo, Bispo Referencial da Pascom.

Prezada Ir. Maria Celeste Ghislandi, fdp, assessora Regional da Pascom.

Prezado assessor deste encontro, Pe. Evaldo César de Souza.

Prezados(as) participantes do Encontro Regional da Pascom.



Dirigimo-nos a vocês para saudá-los e manifestar, em nome do Regional Sul da CNBB, nossa alegria e comprometimento com o Encontro da Pascom que se realiza de 18 a 19 de novembro, em Jundiaí. Desejamos também expressar nosso apreço e agradecimento pela dedicação que têm com a Evangelização, através da Comunicação Social em nossa Igreja.

Sabemos que vocês estarão aprofundando “a comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil”, tendo como instrumento de trabalho o documento de Estudos da CNBB, n. 101, e o fazem neste momento em que renovamos nosso empenho e comunhão em todo o Brasil, com Diretrizes comuns para este quadriênio.

Certamente vocês vão se inspirar também nas DGAE, identificando os sinais dos tempos presentes em nossa realidade, para projetar uma pastoral da comunicação que responda à altura das necessidades urgentes do momento.

Neste sentido, apraz-nos recordar quando as Diretrizes citam a Exortação Apostólica Verbum Domini, ressaltando que “importa saber utilizar o espaço dos novos meios de comunicação social, especialmente a internet com inúmeras redes sociais, que constituem um novo fórum onde fazer ressoar o Evangelho, ainda com o cuidado para que o mundo virtual jamais substitua o mundo real, pois, o encontro pessoal permanece insubstituível” (DGAE, 95). Dessa forma, as Diretrizes estão ressaltando que, seja através da tecnologia, mas especialmente através do contato pessoal, o papel da comunicação é fazer crescer a vida da comunidade e os laços fraternos que nos unem em Cristo. Recordamos ainda as Diretrizes, quando citam o Documento de Aparecida, para alertar sobre o importante areópago do mundo da comunicação: “tornam-se inadiáveis mais investimentos tecnológicos e qualificação de pessoal, para o uso adequado dos meios de comunicação, uma ousada pastoral da comunicação, garantindo a presença da Igreja no diálogo com a mentalidade e a cultura contemporâneas, à luz dos valores do Evangelho” (DGAE, n. 117).

Mas queremos ressaltar, sobretudo, que, como encontro de Igreja, tudo seja iluminada por Cristo, e se desenvolva “a partir de Cristo”, pois “toda ação eclesial brota de Jesus Cristo e se volta para Ele e para o Reino do Pai. Jesus Cristo é nossa razão de ser, origem de nosso agir, motivo de nosso pensar e sentir” (DGAE, n. 4), padrão de nossa comunicação.

Para isto, invocamos sobre todos a luz e o amor do Espírito Santo, para que a força de Jesus Cristo Ressuscitado se manifeste nos trabalhos deste Encontro e em toda a pastoral da comunicação.



Fraternalmente,

Card. Dom Odilo Pedro Scherer

Arcebispo de São Paulo

Presidente do Regional Sul 1 da CNBB



Dom Moacir Silva

Bispo Diocesano de São José dos Campos

Vice-Presidente


Dom Tarcísio Scaramussa, SDB

Bispo Auxiliar de São Paulo

Secretário Geral





segunda-feira, 24 de outubro de 2011







Pode parecer curiosa esta expressão, mas é o que todos constatamos em nossa experiência quotidiana. Quem não gosta de conversar com os amigos, ouvi-los e dizer a eles o que pensamos? Desde criança procuramos falar com nossos pais, contar a eles nossos problemas e anseios. E quanta falta nos faz não poder abrir o coração com quem nos ama?


O tempo de namoro entre os jovens se caracteriza pela confiança recíproca, cada um contando ao outro, com simplicidade e transparência, suas alegrias e sofrimentos, seus sonhos e decepções. O tempo passa sem se perceber.

Pouco a pouco, ao longo do namoro, cada um fica conhecendo a infância, a família e os ideais do outro. Eis aí a maravilha da comunicação que vence as distâncias e separações e vai permitindo a comunhão cada vez maior entre os que se amam. Sem esta sinceridade e confiança, todo afeto permanece superficial e até fugaz.



                                 CRIADOR E CRIATURA


O plano divino da salvação mostra-nos a beleza do amor de Deus que estabelece, ao longo da história, constante comunicação com a humanidade e alcança a sua perfeição na presença e na palavra de Jesus. Ele nos revela a vida trinitária e a promessa de comunhão plena e feliz entre Deus e cada pessoa humana. Toda revelação é, assim, manifestação amorosa do mistério de Deus.

Este empenho de comunhão entre Criador e criatura tem sua expressão mais íntima no diálogo e colóquio interior, em que, pela oração, somos convidados a manter crescente união com Deus já nesta vida. É esta comunhão profunda que vence toda solidão e faz-nos saborear a alegria de ser amado e de amar.



                                     IGREJA E POVO


O dinamismo do amor explica a missão evangelizadora da Igreja que consiste em anunciar aos outros a riqueza da revelação divina. Com efeito, quando aprendemos a nos amar como irmãos e irmãs, desejamos comunicar aos outros tudo o que ajuda o próximo a viver bem e ser feliz. Em primeiro lugar, sentimos o anseio de transmitir aos outros a beleza e plenitude do desígnio divino de salvação, que nos revela a infinita misericórdia de Deus.

A comunicação deste mistério de graças resulta, ao mesmo tempo, do amor ao próximo, porque desejamos que alcance a boa notícia do plano divino, e também do nosso amor a Deus que, a exemplo dos santos, queremos que seja cada vez mais conhecido e amado. Este anseio tão forte vem dinamizando a vida dos missionários de todos os tempos. Lembremos as viagens de Francisco Xavier e os intensos desejos de Santa Teresinha do Menino Jesus.

Recordemos também as viagens apostólicas do Papa João Paulo II. Os jovens hão de se empolgar por este ideal, a fim de que Jesus Cristo seja sempre mais conhecido e intensamente amado, e os valores do Evangelho: o perdão, a partilha e a paz possam ser assumidos pela humanidade.



                          LÍDERES DA COMUNICAÇÃO


A Pastoral da Comunicação tem hoje a seu serviço recursos maravilhosos, de técnica e arte, para levar a todos, pela imprensa, rádio e televisão, a mensagem de vida do Evangelho.

Vale a pena que muitos se preparem para dedicar suas energias a manifestarem ao mundo Jesus Cristo e seu Reino de Salvação e Paz. Quem ama se comunica!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Reunião da Pascom

Caríssimos Párocos e Agentes da Pascom.



A Pastoral da Comunicação,convida seus agentes para reunião no dia 28/10 ás 19h30 na Paróquia Santo Antonio.

Teremos como pauta nosso Encontro Estadual,que acontecerá em Jundiai nos dias 18,19 e 20 de Novembro. e a apresentação do novo Assessor da Pascom -Pe. Agnaldo Moreira da Silva- nome indicado pelo Bispo Dom Altieri,para somar conosco,nesta Desafiadora, caminhada da Pascom.



"Fixamos o olhar em Maria e reconhecemos nela a imagem perfeita da discípula missionária. Ela nos exorta a fazer o que Jesus nos diz (cf. Jo 2,5). Junto com ela, queremos estar atentos uma vez mais à escuta do Mestre, e ao redor dela, voltarmos a receber com estremecimento o mandato missionário de seu Filho: "Vão e façam discípulos todos os povos" (Mt 28,19, in DAp, 364).



Nossa Senhora da Comunicação interceda para que nossa Diocese se mantenha ativa na missão, em todas paróquias e comunidades!


Nara Ruiz-coord. Diocesana

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Jundiaí sedia Encontro Regional da Pastoral da Comunicação

Os novos meios de comunicação midiáticos vem influenciando cada vez mais a vida das pessoas. No entanto, o desafio é encontrar o sentido que essas tecnologias têm para o nosso cotidiano e como delas fazer uso na prática pastoral. Sob esta perspectiva a Pastoral da Comunicação do Regional Sul 1 da CNBB realizará o 17º Encontro Regional da PASCOM – Pastoral da Comunicação, nos dias 18 a 20 de novembro de 2011, na diocese de Jundiaí (SP).

A programação principal do Encontro, que traz como tema A Comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil, acontece no Centro de Convivência “Mãe do Bom Conselho. Para as conferências, estão confirmadas as presenças do padre Manoel Quinta, um dos redatores do documento de Estudos da CNBB, nº 101; e do missionário redentorista e diretor artístico da Rede Aparecida, Pe. Evaldo de Souza.

As inscrições serão realizadas através da Internet no período de 03 de outubro a 07 de novembro. Mais informações sobre o encontro podem ser conferidas em www.cnbbsul1.org.br na seção Setor de Comunicação

O 17º Encontro da PASCOM – Pastoral da Comunicação, tem como público-alvo agentes da Pastoral da Comunicação no estado de São Paulo e jornalistas, além de profissionais de instituições relacionadas à área. Este evento realizado anualmente oferece um espaço para troca de experiências, reflexões e intercâmbio entre os agentes dessa Pastoral.
Entre os vários convidados do Encontro estarão o Bispo de Jundiaí, Dom Vicente Costa, e o Bispo de Itapeva, Dom José Moreira de Melo, recém indicado para acompanhar a Pastoral da Comunicação da CNBB – Regional Sul 1 do estado de São Paulo.

A coordenação diocesana,está se preparando para representar nossa diocese,e todas, as paróquias são convidadas a enviar seus representades.Vamos nos organizar e participar deste momento forte de unidade e comunhão da Pascom no Regional Sul1.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Nova Coordenação da PASCOM é apresentada durante reunião

Ir.Maria Celeste Ghilslandi,


A partir deste mês, a Pastoral da Comunicação (Pascom) do Regional Sul 1 contará com um novo bispo referencial e uma nova assessora para acompanhar o trabalho.


A reunião da Pastoral da Comunicação realizada na manhã desta segunda-feira (03) na sede do Regional Sul 1 da CNBB, que teve como objetivo a preparação do Encontro Estadual de Comunicação de todas as dioceses que compõem o Regional, foi marcada pela presença do novo presidente da Pastoral da Comunicação no estado de São Paulo, Dom José Moreira de Melo, Bispo diocesano de Itapeva (SP), e contou com a presença da nova assessora irmã Maria Celeste Ghilslandi, paulina. A nova coordenação assumirá os trabalhos para os próximos quatro anos.

Após o anúncio, Dom José, se dirigiu aos presentes, expressando o seu contentamento pela indicação, «fico muito motivado e será um privilégio acompanhar a Pascom do nosso Regional. Com certeza será uma oportunidade de trabalharmos juntos, elaborando novos projetos em nosso Regional», disse Dom José.

Irmã Celeste manifestou também sua alegria de fazer parte da caminhada da Pascom daqui para frente. «Espero contar com a colaboração de toda equipe e fico feliz em dar continuidade ao trabalho já existente e somar as novas ideias da evangelização no campo da comunicação, já que ela tem um espaço privilegiado em nossa Igreja e toda a sociedade».
A reunião contou com a presença dos representantes da Pascom das sub-regiões Aparecida, Botucatu, Campinas, São Paulo II, Ribeirão Preto II e Sorocaba, além de um representante da diocese-sede do Encontro Regional de Comunicação, que será realizado na cidade de Jundiaí em novembro próximo.

Fonte: Regional Sul1

domingo, 2 de outubro de 2011

Definido o tema para a próxima Jornada Mundial das Comunicações

Silêncio e Palavra: caminho de evangelização” é o tema escolhido por Bento XVI para a próxima Jornada Mundial das Comunicações Sociais que se realizará em 20 de maio de 2012, no domingo que antecede Pentecostes. A mensagem do papa para esse evento será divulgada no dia 24 de janeiro, em memória de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas.
De acordo com uma nota do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, no pensamento de Bento XVI, “o silêncio não é apresentado simplesmente como uma forma de contraposição a uma sociedade caracterizada pelo fluxo constante da comunicação, mas sim como um necessário elemento de integração”.
Para o Pontífice, “o silêncio, justamente porque favorece a dimensão do discernimento e do aprofundamento, pode ser visto como um primeiro grau de acolhimento da palavra”.
A nota ainda manifesta a vontade do papa de sincronizar o tema da Jornada com a celebração do Sínodo dos Bispos. Este que terá como tema “a Nova Evangelização para a transmissão da fé cristã”.

A Jornada Mundial das Comunicações Sociais foi estabelecida pelo Concílio Vaticano II com o Decreto Inter Mirifica de 1963.



Do site da CNBB

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Carisma em Comum



Promova a formação e o treinamento de equipes para atuar na Pascom em sua comunidade
POR HELENA CORAZZA, FSP

Para atingir seus objetivos, toda equipe precisa de treinamento que consiste em conhecer com profundidade e de forma progressiva o objeto de seu trabalho. Mas não basta conhecer. É preciso amar de paixão o que se faz. E em se tratando de um assunto que diz respeito à ação da Igreja, o conhecimento e o amor se sustentam pela espiritualidade que é o seguimento de Jesus Cristo, comunicador do Pai.
Entende-se por “pastoral” uma ação organizada e planejada, inserida na comunidade eclesial. E isso, na área da comunicação envolve o diálogo entre fé e cultura no interno da comunidade e, sobretudo, com a sociedade. A comunicação é aqui entendida como processo relacional, envolve o ser humano nas relações consigo mesmo, com o outro e com a sociedade
.
PASCOM

O fundamental na PASCOM é acreditar. Acreditar e estar convencidos de que é possível comunicar-nos entre nós, articular pessoas e obter resultados no campo da evangelização. Por isso, antes de qualquer consideração sobre a formação e o treinamento de pessoas, importa trazer algumas ideias chaves ou paradigmas que estão no horizonte desta missão.
O Documento Comunhão e Progresso (CP), n. 11, coloca o modelo primordial de comunicação na pessoa de Jesus Cristo, comunicador do Pai, que “pela Encarnação faz-se semelhante àqueles que haviam de receber a sua mensagem; mensagem que comunicava com as palavras e com a vida. Não falava como que ‘de fora’, mas ‘de dentro’ a partir do seu povo”. Outro modelo para os comunicadores (as) de hoje é o Apóstolo Paulo, o primeiro evangelizador da cultura nos inícios do cristianismo. E não se pode esquecer de Maria, a Mãe do Verbo, que encarnou em si a Palavra de Deus e comunicou o Verbo da Vida. Ela a quem o bem-aventurado Tiago Alberione chama de “Editora d e Deus” e o Documento de Aparecida, n. 266, caracteriza como “interlocutora do Pai em seu projeto de enviar seu Verbo ao mundo”.
Fortes razões solidificam o “ser e atuar” das equipes da PASCOM. Daí a importância de ter um conhecimento amplo no campo da comunicação e em outras áreas, para ter condições de dialogar com as pessoas na sua diversidade, tanto as que participam da comunidade quanto e, sobretudo, as que estão afastadas.

 Pontos fundamentais para a formação e o treinamento das equipes

1. Formação. Conhecer o que é a PASCOM; o que a Igreja diz em seus documentos específicos na área da comunicação em nível nacional, de América Latina e universal (dados pela Suprema Autoridade da Igreja ou pelo Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais). Conhecer a história da Igreja na Comunicação. Muitas são as publicações, estudos acadêmicos realizados sob diversos olhares. Conhecer o que diz o Documento Aparecida nos nn. 484-490, onde pela primeira vez a Igreja chama de Pastoral da Comunicação

2. Amar a Pastoral da Comunicação e dedicar-se a ela. Apaixonar-se pela dimensão comunicacional do ser humano e da Instituição. O conhecimento e o amor fazem romper as barreiras e resistências de quem não acredita, não acha necessária ou não conhece e ainda se pergunta se é preciso a PASCOM na Igreja e dificulta a sua articulação. Muitas são as dificuldades que os coordenadores (as) enfrentam e só um grande amor e a consciência de que estamos em um “areópago” não deixa desanimar.

3. Formar uma equipe de algumas pessoas, ainda que sejam três ou quatro para começar. Os Estudos das CNBB, n. 75, levantam algumas características para as lideranças, na tentativa de traçar um perfil: capacidade de escuta e diálogo, ser aprendiz permanente, visibilidade/testemunho, amor e paixão pela comunicação, vibrar pela missão, ser capaz de interagir com a diversidade, ter criatividade na busca de soluções.

4. Articular a PASCOM com as demais pastorais e com o contexto social. Trabalhar a interação com as pastorais fazendo circular as informações pelos diversos meios existentes: jornal, rádio, TV, internet com suas possibilidades, Assessoria de Imprensa.

5. Cultivar a espiritualidade e um novo olhar aberto às mudanças de linguagem e atento às mudanças culturais. Pode haver a tendência de um olhar comunicativo “para dentro”, sem preocupar-se com a dimensão missionária que a PASCOM tem.

6. Cultivar o discernimento. Na relação com a sociedade, o mundo e o mercado perguntar-se sempre: o que muda e o que permanece. Por isso, antes de planejar é preciso refletir, discernir para ter estratégias adequadas e coerentes com o Evangelho e o pensamento da Igreja.

7 Estrategicamente a PASCOM – ação no interno da comunidade e em relação com a sociedade – fora. Muitos são os métodos de planejar que podem ser utilizados. A visão estratégica no planejamento é saudável e ajuda muito. É bom inspirar-se no documento Aetatis Novae que dá os elementos para bem planejar.


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Diocese presente em Encontro Missionário que discute Missão e Comunicação


O Conselho Missionário do Regional Sul 1 da CNBB - estado de São Paulo, realizou no final de semana de 2 a 4 de setembro, no Centro de Formação para o Apostolado de Santos (CEFAS) - Casa de Retiro Dom David Picão, na cidade de Santos, seu 31º Encontro. O tema de estudo este ano foi "Missão e Comunicação", abordado em três etapas: o ser humano como ser comunicacional; espiritualidade e teologia da comunicação; processos e meios de comunicação.Representaram a Diocese de Caraguatatuba a Ir. margarida Araújo da Congregação Filhas da Caridade Canossianas e o Padre Antonio Maria,ambos da Comissão de Animação Missionária.


Um momento de oração com a acolhida da imagem de Nossa Senhora Aparecida que havia peregrinado pelas paróquias da Sub Região Pastoral SP2, abriu os trabalhos já na noite da sexta-feira. Dom Jacyr Braido, bispo de Santos, dom Airton José da Silva, presidente da Sub Região Pastoral SP2 e dom Vicente Costa, bispo de Jundiaí e presidente do COMIRE Regional Sul 1, deram as boas vindas e dirigiram palavras de apoio aos 140 participantes que representavam Conselhos Missionários Diocesanos, Infância e Adolescência Missionária, Juventude Missionária e diversos organismos eclesiais, de 34 das 41 dioceses presentes, do estado de São Paulo.

Robson e Renata Ferreira, coordenadores do COMIRE, vieram de Franca com seus seis filhos. "Para trabalhar na Missão é preciso ter coração, pois as dificuldades são muitas. Apesar de tudo é isso que torna a vida missionária bonita igual à flor", disse Robson ao explicar que o objetivo dos encontros anuais é reforçar a articulação e a animação missionária das dioceses paulistas.

A missa celebrada na manhã do sábado, 3, memória de São Gregório Magno, foi presidida por dom Vicente. "O missionário é aquele que caminha com o Evangelho na mão, sempre anunciando", sublinhou o bispo maltês. "A Palavra é primordial na Missão. Nós não pregamos a nós mesmos, as nossas ideias, mas Cristo Jesus, sempre", continuou o presidente do COMIRE, lembrando o Apóstolo Paulo. "Ser chamado para servir é um ministério e não um privilégio". Devemos anunciar sempre com "humildade, simplicidade e alegria no coração", destacou.

Na principal conferência do dia, o missionário claretiano, padre José Alem, refletiu sobre o fenômeno da comunicação humana, sua espiritualidade e teologia. "A boa comunicação é vital a qualquer pessoa e instituição, mas antes de tudo, é preciso entender melhor o seu sentido e a sua importância", argumentou. Segundo padre José Alem, para que haja uma boa comunicação é necessário "empatia, determinação, convicção, credibilidade, eficiência e eficácia". Para o professor, "comunicar é um elemento natural do ser humano; viver é comunicar, a vida é um processo permanente de comunicação. Todo comportamento é comunicação. É impossível não comunicar, e a comunicação é para criar comunhão", ponderou padre Alem.

Coordenado pelos padres Pedro Facci, diretor da revista "Mundo e Missão" e Jaime C. Patias da revista "Missões", um painel discutiu processos e meios de comunicação a serviço da evangelização. "Estamos vivendo uma mudança de época e percebe-se a necessidade de uma nova ação missionária. As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da CNBB apontam como urgência, a necessidade de uma Igreja em estado permanente de missão", afirmou padre Facci, pedindo maior empenho na divulgação das revistas missionárias. Dos trabalhos em grupo surgiu uma lista de propostas que foram assim sintetizadas: implantação dos Conselhos Missionários Paroquiais - COMIPAS; divulgação das revistas e mídia digital missionária; formação nos diversos níveis e âmbitos; e maior utilização dos meios de comunicação nas paróquias e dioceses. Valesca Montenegro partilhou sua experiência como jornalista na revista "Mundo e Missão" e o jovem Rodrigo Piatezzi falou sobre a criação do blog Garotada Missionária (garotadamissionaria.blogspot.com) como ferramenta de divulgação e articulação da Infância e Adolescência Missionária - IAM. Rodrigo falou também sobre a sua participação na Jornada Mundial da Juventude realizada em Madri na Espanha.

A celebração de encerramento e envio aconteceu no domingo, 4, na sede do clube Ilha Porchat, em São Vicente. Na homilia, dom Jacyr Braido explicou que, "a missão não é um enfeite, mas fazer aquilo que Deus nos pede. Nela mostramos nossa capacidade de sair de nós mesmos. O maior compromisso deve ser com o amor e o serviço". Apontando para o mar, num dia ensolarado com muita gente na praia, o bispo de Santos lançou um convite: "vocês peguem as barcas e vão para a missão", reforçando assim a importância da missão além-fronteiras.


Ponto alto da celebração foi o envio da irmã Eliane Maria Assis Armoa, das missionárias da Imaculada, para a missão na Guiné Bissau, África. A manhã contou ainda com o testemunho do padre Wellington Alves, missionário comboniano que trabalhou durante nove anos no Sudão do Sul, hoje o mais novo país do mundo. "Os longos anos de guerra e suas consequências não conseguiram tirar do povo a alegria de viver, externada nas danças e celebrações", relatou padre Wellington.



Fonte: Comunicação - COMIRE Sul 1

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Dom Vilson se despede da Pascom

O bispo diocesano de Limeira (SP), Dom Vilson Dias de Oliveira, DC, foi confirmado para acompanhar a Comissão para Animação Bíblico-catequética da CNBB – Regional Sul 1 do Estado de São Paulo. A escolha foi feita durante a reunião dos Bispos da Comissão Representativa do Regional, no último dia 11 de agosto. Na comissão, Dom Vilson terá como uma das principais funções acompanhar as atividades da Catequese e promover a formação e a animação bíblico-catequética do Estado de São Paulo.

Ele substitui o bispo diocesano de São José do Rio Preto (SP) e atual presidente da Comissão, Dom Paulo Mendes Peixoto. Com a escolha, Dom Vilson deixa a Pastoral da Comunicação, no qual atuou cerca de quatro anos.
Após a notícia da sua nomeação para Comissão, dom Vilson se reuniu com a equipe da Pastoral da Comunicação, nesta segunda-feira, 22, na sede do episcopado paulista, onde agradeceu e destacou o trabalho e desempenho de cada um nas iniciativas ligadas à comunicação do Regional.
Sobre trabalhar com a catequese, dom Vilson destacou: “Para mim, integrar a comissão de catequese será muito gratificante. Há anos desenvolvi trabalhos voltados à Catequese e aos Catequistas quando estive por quatro anos junto à Assessoria da Dimensão Bíblico-Catequética da CNBB em Brasília. O carisma da Congregação dos Padres da Doutrina Cristã, a qual faço parte, tem como carisma a Catequese. Recentemente lançamos na Diocese de Limeira o subsídio Catequista Mistagogo. E neste final de agosto/2011, saiu pelas Paulinas o livro de minha tese de Mestrado com o tema: Catequese com Adolescentes. Portanto, a Catequese há anos faz parte de minha caminhada presbiteral e episcopal”, finalizou o bispo.
O padre Marcos Vinicius, da Diocese de Guarulhos, que está temporariamente como assessor da Pastoral da Comunicação no Estado de São Paulo, também deverá deixar o cargo até a escolha do novo bispo e do novo assessor ou assessora.
ATUAÇÃO – Além da Comissão Bíblico-catequética, Dom Vilson é presidente da Sub-região Pastoral Campinas e membro da Comissão para a Campanha da Evangelização da CNBB.
ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO - Durante a reunião, os membros da equipe da PASCOM aproveitaram e falaram sobre o encontro estadual de comunicação. A edição 2011 terá como tema «A comunicação na vida e missão da Igreja no Brasil», (Documento 101 da série Estudos da CNBB) e acontecerá entre os dias 18 a 20 de novembro, na Casa de retiro das irmãs Agostinianas, localizada na diocese de Jundiaí (SP).


Fonte:site do regional Sul1

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Pascom Diocesana

A Pascom Diocesana realizou no dia 20/08,na Paróquia Santo Antonio,sua reunião mensal, que contou com a presença dos agentes da Pascom das paróquias do setor Ubatuba e Caraguatatuba.Esteve conosco o Seminárista Felipe,que partilhou suas experiências no Muticom,ocorrido em Julho na cidade do Rio de Janeiro, a assessora da Pascom,Denise Peixoto,esclareceu dúvidas a respeito do novo site e também sobre a Revista De Praia em Praia,nosso informativo diocesano.
Foram discutidas ações da Pascom nas paróquias e no evento diocesano do Pró-Vocação,com data para o dia 28/08.
Neste Espírito de unidade e compromisso com a pastoral,nos despedimos com a certeza,de nos,reunirmos,no próximo encontro.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Aos Párocos , Agentes da Pascom
e responsáveis pela manutenção das páginas paroquias no site diocesano

Certos de que, aos poucos, vamos somando agentes de comunicação nesta rede de informações diocesanas, gostaria de convidar a todos para a reunião diocesana da Pascom,dia 20/08 às 15h na Paróquia Santo António.
Teremos como convidado o Seminarista Felipe Henrique, quem vem nos falar sobre sua participação no Muticom que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro no mês de Julho.

Na pauta ainda falaremos sobre:


  • site - Duvidas e Passos para valorizar as páginas existentes. (10")
  • Revista De Praia em Praia - Periodicidade, conteúdo e distribuição (10")

  • Pró-vocação - participação da Pascom (10")

  • Enc Sul 1 / Novembro - Mobilização diocesana (10")

  • Comunicados das paróquias





Que Nossa Senhora da Comunicação,continue nos motivando e abençoando nossos trabalhos!




Nara Ruiz-coord. Diocesana



quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Hoje é o Dia do Padre!



Chamados a ser um Servo de Deus um Sacerdote,um Pai.....


Parabéns aos sacerdotes de nossa diocese!
Que todos nós agentes da Pascom,rezemos hoje,para que,eles se mantenham fiéis a Missão a eles confiada.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

A comunicação como experiência humana (e divina)

Na perspectiva evangélica, a comunicação como experiência humana deve ser valorizada como primeiro passo para construção do diálogo, da paz, do bem comum – para a construção do reino aqui em nosso mundo. Com a proliferação das mídias, a possibilidade de ampliação do diálogo, do ponto de vista quantitativo, é muito grande; entretanto, qualitativamente, essa experiência se banaliza. Talvez, por não estarmos fisicamente presentes, por não nos olharmos olho no olho, esqueçamos de estamos falando para irmãos. Esquecemo-nos da origem divina e criadora da palavra.




Vejamos o Evangelho de João: “Jesus é a Palavra que revela Deus aos homens – No começo a Palavra já existia: a Palavra estava voltada para Deus, e a Palavra era Deus. No começo estava voltada para Deus. Tudo foi feito por meio dela, e tudo o que existe, e nada foi feito sem ela. Nela estava a vida, e a vida era a luz dos homens. Essa luz brilha nas trevas e as trevas não conseguiram apagá-las.” Como banalizamos as palavras!



Nós nos esquecemos, também, do primado do testemunho. Sem a autenticidade de vida, jogamos palavras ao vento – perdemos a força da comunicação. Aliás, comunicação significa “ação em comum” – precisamos uns dos outros para nos colocarmos em ação e para vivermos em comunidade.



As oportunidades de diálogo diminuíram muito a partir da televisão e dos computadores domésticos que nós plantamos em nossas casas, e que nós permitimos que ocupassem o espaço do diálogo, e da riqueza da convivência. Com esse enfraquecimento da comunicação como experiência humana, convivemos com a cultura da mídia com mais dificuldades.



É bom lembrar informação não é comunicação. O turbilhão de informações que nos chegam hoje por todos os meios, muitas vezes nos deixam perplexos e, de certa forma nos paralisam; se é difícil para nós, que temos um referencial de valores evangélicos para avaliarmos esses conteúdos, imaginem para quem não tem – acabam consumidos.



O importante é sempre tomar a posição de sujeito, de protagonista. Em uma comunicação dialógica, não há emissor e receptor, mas há dois co – produtores de mensagens – isto é o respeito ao interlocutor.



É do diálogo, dessa experiência humana tão rica, que podemos efetivamente transformar o mundo, e a construir uma cultura de paz e começar a viver o reino aqui na terra.


Ana Maria Galheigo – jornalista católica, educomunicadora e pedagoga.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Comunicação Visual

 Como prometido estamos postando o link do Material sobre a palestra de Comunicação Visual, que aconteceu no início de junho, no Mutirão de Comunicação realizado pela Diocese de Caraguatatuba
 http://www.agenciamaypress.blogspot.com/

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Retiro de Espiritualidade para Comunicadores Católicos‏

Com alegria, repasso convite para o Retiro para Comunicadores, realizado pela Pascom, da Diocese de São José dos Campos, que ficará muito feliz em receber os amigos de todas as Dioceses da Sub-Região Aparecida e também os profissionais que atuam nos veículos de comunicação da nossa região.


um abraço, Ana Lúcia Zombardi


Vice-coordenadora da Pascom da Sub-Região Aparecida

terça-feira, 14 de junho de 2011

“Uma Igreja eletrônica”

Cada vez mais pessoas estão conectadas às redes sociais em várias partes do mundo, destaque para o Brasil, que segundo pesquisa realizada pelo Instituto Nielsen Company, é o país com maior taxa de internautas utilizando algum tipo de rede social. Diante de seres humanos cada vez mais conectados pelas novas mídias e tecnologias, resolvi construir uma reflexão pensando nas redes sociais e na evangelização, que se faz tão necessária no mundo em que vivemos.


Jesus Cristo gostava de compartilhar seus ensinamentos utilizando parábolas: “o reino dos céus é ainda semelhante a uma rede que, lançada ao mar, recolhe peixes de toda espécie” (Mt 13, 47-50). Ensinamentos que estimulam nossas imaginações.

Penso que passava pela cabeça de quem ouvia sábios ensinamentos, um filme, que ilustravam as parábolas, mexendo com a imaginação de discípulos e curiosos. Os quem ouviam as parábolas narradas por Cristo, pareciam vê no imaginário, vídeos, daquilo que era narrado, semelhante, por exemplo: a quando sonhamos, ou assistimos a um vídeo enviado via e-mail por um amigo.

Cristo há milhares de anos atrás, na sua missão de propagar a boa notícia escolheu na sua imensa e já populosa “rede social”, doze discípulos, a quem chamou de apóstolos (Lc 6,12-19).

Disse Jesus: “por onde andardes anunciai que o Reino dos Céus está próximo” (Mt 10-7), o Reino está próximo, porque está dentro de nós, é nossa a responsabilidade de conexão, e implantação desse Reino.

Diante da missão deixada por Jesus, mesmo diante das dificuldades e perseguições, os apóstolos começaram a evangelizar, e a propagar os ensinamentos do mestre, atraindo novos seguidores onde passavam, para o Reino de Deus, criando uma imensa rede de novos evangelizados.

Juntos, (em comunhão) e conectados, podemos ampliar ainda mais o anúncio da boa notícia. "E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações”. (Mt 24-14).

Seguindo o exemplo dos discípulos, podemos hoje, agora, com um clique, pescar, adicionar, ir, em busca de seres humanos, para as “redes sociais” do Reino de Deus da justiça e paz. O conectado servo de Deus Beato João Paulo II, disse: “a evolução é compatível com a fé cristã”.

You Tube, Orkut, Facebook, Twitter, MSN, Blogs, Sites, e outras linguagens eletrônicas, são ferramentas importantes (atraentes) que aliadas aos dons individuais de cada cristão, podem contribuir para estimular ações virtuais na construção do Reino dos Céus. Basta que o “CRISTOCONECTIVIDADE” inspire você! Vídeos, correios eletrônicos, postagens, blogs, fermentas que podem ajudar a transformar vidas de seres humanos internautas.

Jesus de Nazaré tem um incalculável número de seguidores, suas “postagens” são lembradas, lidas, seguidas, “curtidas”, até nos confins da terra, poderíamos afirmar seguramente, em uma analogia, que seu “Twitter” tem o maior número de seguidores do mundo.

Mas é preciso seguir, curtir, estar conectado a Jesus de verdade, na (orAÇÃO) em plena comunhão com uma igreja missionária, evangelizadora, profética, e, inevitavelmente, eletrônica. Sinal de Deus na terra, luz e conexão para construir uma sociedade mais humana.

“O desenvolvimento é o novo nome da paz.” Beato João Paulo II



*Dado Galvão

*Católico, Documentarista (www.dadogalvao.org), Bacharel em Administração em Marketing, Pós-Graduando em Marketing, Novas Mídias e Redes Sociais, Jequié (Ba)

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Pascom celebra Dia Mundial das Comunicações!


Com diversas iníciativas a Pascom e o setor de Comunicação da diocese celebraram o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais,em nossa diocese.


Sexta 03/06 - Prêmio Francisco de Sales de Jornalismo e                            
 Dom Bosco de Fotografia






Sábado-04/06 -Capacitação para o site diocesano e Mutirão de Comunicação.




Domingo - 05/06- Missas nas Paróquias

Imáculada Conceição - Ubatuba




Santo António - Caraguatatuba




Nossa Senhora das Dores - Ubatuba




Coord. Paroquias enviem suas fotos dos eventos da Pascom para serem postadas no blog.....aguardo.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Diocese realiza Mutirão Diocesano de Comunicação


A Pascom e o setor de Comunicação da diocese de Caraguatatuba realizaram no dia 04/06,na Paróquia São João Batista,o Mutirão Diocesano de Comunicação em comemoração ao 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Que contou com a presença de agentes da pascom e de outras pastorais que participaram de laboratórios de Foto/Video,Jornal Mural/Arte,Redes Sociais, Dicas de Redação e Como falar em Publico. O evento contou com a presença de profissionais da área de comunicação para minstrar os Workshop


Padre Sérgio Lucio(Oficina de oratória)

                                                 Fotógrafo profissional Marcelo Souza
Mayara Peixoto, Produtora em Multimídia,  falou sobre Artes Gráficas e Jornal Mural
Cleverton Santana, web master em Redes Sociais
                                           Bruna Vieira, jornalista, deu dicas sobre Redação

O Material utilizado durante aos Workshop serão postados no nosso site como fonte de pesquiza.

Durante o final de semana a Pastoral da Comunicação, presente em nossas paróquias realizou diversas iniciativas para celebrar o Dia Mundial das Comunicações(05/06).Durante a semana estaremos divulgando.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Papa: "Criatividade e consciência no uso da Internet"

Com o tema "Verdade, anúncio e autenticidade de vida na era digital", celebra-se domingo, 5 de junho, o 45.º Dia Mundial das Comunicações Sociais. Todas as dioceses do Brasil receberam da Conferência Episcopal um livreto com a Mensagem de Bento XVI para a data; uma reflexão do presidente da Comissão Episcopal para a Educação, Cultura e Comunicação Social da Conferência dos Bispos, Dom Orani João Tempesta; e uma reflexão da jornalista e doutora em comunicação social, a paulina Irmã Joana Puntel, sobre o tema; além de algumas sugestões para a celebração e a animação do DMC.




Para a assessora do Setor de Comunicação Social da CNBB, Irmã Elide Fogolari, “a Igreja precisa fazer da comunicação um meio para que a boa nova de Jesus Cristo chegue a todas as pessoas. O Papa Paulo VI já dizia que se nós não conseguimos compreender a comunicação, fica difícil chegar a todas as pessoas; e vamos nos sentir culpados se a Igreja não usar dos meios de comunicação para a evangelização”.



Em sua mensagem, o papa convida os cristãos a estarem presentes “com criatividade consciente e responsável” na Internet e nas redes sociais, afirmando que estas se tornaram “parte integrante da vida humana”.



“Tal como a revolução industrial produziu uma mudança profunda na sociedade através das novidades inseridas no ciclo de produção e na vida dos trabalhadores, também hoje a profunda transformação operada no campo das comunicações guia o fluxo de grandes mudanças culturais e sociais” - assinala Bento XVI.



O Dia Mundial das Comunicações Sociais é a única celebração do gênero decidida pelo Concílio Vaticano II (Decreto “Inter Mirifica”, de 1963), e é celebrado na maioria dos países no domingo que antecede a solenidade de Pentecostes.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Premiação dos vencedores do concurso FRANCISCO DE SALES E DOM BOSCO

Um total de oito matérias, vinte fotografias e sete spots de rádio concorrem aos prêmios Francisco de Sales e Dom Bosco de Comunicação, da Diocese de Caraguatatuba. O concurso está na sua 4ª edição e envolve profissionais da área de comunicação do Litoral Norte na produção de material com tema específico, sempre vinculado à Campanha da Fraternidade que este ano falou sobre “A Vida no Planeta” e a preocupação com o meio ambiente. O material produzido é avaliado por profissionais da área e religiosos.


O lançamento do concurso aconteceu no dia 24 de janeiro, Dia de São Francisco de Sales e contou com a presença do bispo diocesano Dom Antonio Carlos Altieri, do jornalista e coordenador da licenciatura de Educomunicação da Escola Comunicação da USP Ismar Soares de Oliveira e do Pe. Juarez de Castro secretario do Vicariato da Comunicação da Arquidiocese de São Paulo, e quem vai celebrar a Missa de Ação de Graças de encerramento e entrega do Prêmio, nesta sexta-feira, na Catedral do Divino Espírito Santo, Caraguatatuba, às 19h30.

A realização do concurso é da Diocese de Caraguatatuba através do setor de comunicação e conta com o apoio cultural da Sabesp e Pousada do Fort, de São Sebastião. São parceiros a Agencia de Notícias Facto e o Jornal Imprensa Livre.



Participação do Centro Universitário Módulo

Alunos do setor de Comunicação Social, cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda também participam neste dia com o lançamento do Documentário produzido a partir do Encontro Regional das Comunidades que celebram o Divino realizado no mês de março.

Os alunos participaram ativamente do evento desde o seu lançamento, cobertura e produção do material que culminou com Documentário a ser apresentado à comunidade.

Um grupo de alunos do curso de Jornalismo optaram em participar do Premio Francisco de Sales, produzindo matérias com o tema proposta pela Campanha da Fraternidade. Os autores das duas melhores matérias serão presenteados.

A coordenação dos trabalhos que inseriu os alunos neste processo de participação escola x comunidade é da Professora Bruna Vieira, coordenadora dos cursos de Comunicação do Centro Universitário Módulo.





Premiação



Os vencedores na Categoria Profissional e alguns homenageados receberão troféu confeccionado pelas crianças da Casa Gaiato, obra social da Diocese de Caraguatatuba que trabalha com crianças em situação de vulnerabilidade. A instituição tem 19 anos e passou a ser orientada pela Diocese de Caraguatatuba através do Pe. Julian Quintero Celis, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Ubatuba. Atualmente 80 crianças participam das atividades propostas e outras 200 aguardam a oportunidade de inclusão nas diversas oficinas de capacitação profissional e cultural.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Mutirão diocesano de Comunicação esta com as inscrições abertas

4 de junho de 2011.
Paróquia São João Batista – Poiares - Caraguatatuba

“Somos chamados a anunciar, neste campo também, a nossa fé: Que Cristo é Deus, o Salvador do homem e da história.”


Com esta frase, o Papa Bento nos convida a investir na capacitação de agentes para o uso das novas, e porque não também, das velhas ferramentas de comunicação, a fim de que a missão de evangelizar através dos meios seja feita com maior conhecimento e eficiência.


Pensando nisso e para celebrar o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais apresentada pela Igreja, a Pascom diocesana e o Setor de Comunicação da Diocese convidam todos que se interessam por esta área para participar do Mutirão Diocesano de Comunicação que acontecerá no dia 04 de Junho na Paróquia São João Batista com início as 13h30 e término previsto para as 18h00. O evento é aberto e todos podem participar.


Serão Oficinas com os seguintes temas: Comunicação na Liturgia; Fotografia e Vídeo; Redes Sociais; Técnicas de como falar em Público; Jornal Mural; Layout de faixas e cartazes e Redação. Também será apresentado o Vídeo :Paróquia em Comunicação a fim de motivar o entendimento e a implantação das equipes de Pascom nas paróquias. No encerramento contamos com a presença do Bispo Diocesano Dom Altieri com sua mensagem de entusiasmo aos participantes.


A inscrição poderá ser feita até o dia 01 de junho nas secretarias paroquiais. Informações com a Pascom.
abaixo modelo da ficha(copie e envie p/ Pascom)
 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

LABORATORIO (marque uma opção) :

( ) – Técnicas de como falar em público: Pe. Sérgio Lúcio
Obj: Oferecer técnicas de oratória e de apresentação em público que facilite a comunicação em palestras, liturgias e celebrações.

( ) Comunicação na Liturgia
Obj: Orientações que colaborem para uma melhor comunicação nas liturgias e celebrações. Uso de ferramentas multimídia.

( ) Fotografia e Video
Obj: Orientação para fotógrafos amadores para um melhor aproveitamento das imagens registradas. Como transformar as fotos tiradas em pequenos vídeos.

( ) Redes Sociais – BLOG/Facebook - Twitter
Obj: Oportunidade de conhecer melhor as Redes Sociais mais populares e perceber melhor sua utilidade nos trabalhos paroquiais e pastorais.

( ) Jornal Mural - e Layout de faixas e cartazes
Obj: Dicas práticas para melhor aproveitamento de faixas, cartazes e flyer sem perder a identidade institucional/Criar identidade visual.

 ( ) Redação

Obj: Oferecer dicas práticas para a elaboração de textos básicos a serem utilizados especialmente em sites e Boletins.

Realização: Setor de Comunicação diocesano - Pastoral da Comunicação diocesana
Apoio: Centro Universitário Módulo/Coord.Comunicação Social

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Ficha de Inscrição



Nome:_______________________________________________

Paróquia:____________________________________________

Pastoral:_____________________________________________









sexta-feira, 13 de maio de 2011

Dom Dimas é o novo presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação Social

Dom Dimas Lara Barbosa , Arcebispo de Campo Grande (MS), é o presidente da recém-criada Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Social. Ele foi eleito, nesta quinta-feira, 12, com 145 votos. A eleição só foi definida no terceiro escrutínio pelo fato de nenhum dos candidatos ter alcançado a maioria absoluta dos votos nas duas primeiras votações.Esta é uma nova Comissão, desmembrada da Educação e Cultura. Dom Dimas, cujo mandato para Secretário Geral da CNBB termina nesta Assembleia, sucederá ao arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, que presidiu a Comissão por dois mandatos consecutivos.































quarta-feira, 11 de maio de 2011

Amigos coord. da Pascom !


Seguindo nossa agenda da Pascom diocesana,teremos reunião dia 16/05 ás 19h30 na Paróquia São João Batista.
Temos como pauta nossa articulação para o Mutirão Diocesano.
Nos veremos lá

Nara Ruiz-coord.diocesana

terça-feira, 10 de maio de 2011

MayPress - Eventos e Comunicação: Redes Sociais

MayPress - Eventos e Comunicação: Redes Sociais: "Bom dia leitores! Acabei de ler uma matéria sobre a importância das redes sociais para empresas. Que é importante muita gente já sabe. Mui..."

segunda-feira, 9 de maio de 2011

venha participar!



       Mutirão de Comunicação que acontece no dia 4 de junho, em comemoração ao Dia Mundial das Comunicações.


O evento que será aberto a participação de todas as pessoas interessadas em saber um pouco mais sobre comunicação na Igreja, vai acontecer na Paróquia São João Batista a partir das 13h30 com término as 18h00 e contara com 6 oficinas : Comunicação na Liturgia, Tecnicas de como falar em publico, Redação propria para sites e noticias em geral, fotografia e vídeos rapidos, Conhecendo para melhor utilizar as Redes Sociais e Elaboração de faixas, cartazes e folhetos promocional.

As vagas são limitadas!

Informações nas secretarias paroquiais e com os agentes da Pascom.










sexta-feira, 6 de maio de 2011


Os bispos da 49ª Assembleia da CNBB aprovaram, na manhã de hoje, 6, o desmembramento do Setor de Comunicação Social da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação, Cultura e Comunicação tornando-se uma Comissão específica. A proposta já havia sido aprovada pelos Conselhos Pastoral e Permanente da CNBB.


Ontem, 5, os bispos já haviam aprovado a criação também da Comissão para a Juventude. Com esta decisão, sobe para 12 o número de Comissões Episcopais Pastorais, que formam o Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da CNBB.

A nova Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação será composta por três bispos. “A CNBB já mereceria uma comissão específica para a comunicação devido à importância da comunicação na Igreja e na sociedade. A comissão facilitará a interface com a assessoria de imprensa da CNBB, com a Pastoral da Comunicação e outros organismos. Chegou o momento de a comunicação ter sua comissão. Com isso o trabalho passa a ser mais dinamizado”, disse o presidente da atual Comissão para a Educação, Cultura e Comunicação Social da CNBB, dom Orani João Tempesta.

fonte:CNBB

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Aos irmãos e irmãs da PASCOM do Regional Sul 1 - Segue relatório da PASCOM que será apresentado aos Bispos do nosso Regional na 49ª AG da CNBB em Aparecida, SP.

RELATÓRIO PASTORAL DA COMUNICAÇÃO – CNBB SUL 1 / 2007-2011



49ª ASSEMBLÉIA GERAL DOS BISPOS DO BRASIL - CNBB





INTRODUÇÃO



A comunicação social no mundo vive momentos de profunda transformação. Surgem novos meios de comunicação, aliados as novas tecnologias, que resultam em processos de comunicação que devem ser refletidos nos diferentes segmentos sociais. Neste sentido, a Igreja Católica, atenta às transformações, nos orienta a pensar tais mudanças e avanços.






AVANÇOS

Diante do contexto atual em que a Igreja convoca-nos a repensar nossas linguagens e meios de se comunicar e transmitir a nossa mensagem, apresentamos uma síntese sobre a caminhada da Pastoral da Comunicação no Regional Sul 1 da CNBB durante esses quatro anos (2007-2010).



Tendo em vista que as novas tecnologias criaram uma “nova cultura”, uma “nova linguagem” e um “novo modo de se comunicar” a Pastoral da Comunicação no Regional Sul 1 da CNBB ganhou uma nova identidade de dinamismo e articulação. Podemos elencar como avanços as reuniões da Equipe de Reflexão juntamente com o bispo referencial, Dom Vilson Dias de Oliveira e a Irmã Alba Maria Vega. Os encontros regionais da Pastoral da Comunicação tornaram-se mais conhecidos nas (arqui) dioceses e tiveram um incentivo maior na participação.



Importante ressaltar o aumento de participantes dos encontros regionais da PASCOM gerando, consequentemente, uma pastoral mais atuante e eficaz nas Igrejas Particulares.



O Regional Sul 1 da CNBB possui arqui(dioceses) bem estruturadas e organizadas no âmbito da comunicação. O Setor de Comunicação Social com a atuação da Pastoral da Comunicação e da Assessoria de Imprensa desempenham vários trabalhos junto à comunidade eclesial e a sociedade.



A internet, o novo continente digital, é o novo areópago que a Igreja em nosso regional tornou-se mais presente e utiliza-o para que a evangelização seja eficiente. Sites bem elaborados associados às novas tecnologias e as redes sociais apresentam um excelente suporte para a Web Rádio e Web TV que tornam meios massivos para a difusão da mensagem de fé. Vale ressaltar os múltiplos informativos, jornais, rádios, as televisões católicas (Rede Vida, Canção Nova e TV Século 21) que colaboram para a propagação do Evangelho de Cristo em nosso Regional, para todo o Brasil e mundo.



A postura dos profissionais que atuam nas Assessorias de Imprensa propicia credibilidade à imagem institucional da Igreja e favorece uma sadia relação com a grande mídia local.



Houve um crescimento na consciência dos agentes quanto ao objetivo da Pastoral da Comunicação que vai além de difundir as informações através de boletim, jornal, rádio e site. Uma vez que a missão maior é tornar eficaz a comunicação entre as pessoas nas comunidades, paróquias e arqui (dioceses) utilizando-se dos meios para integrá-las e aproximá-las, formando um “ecossistema de relações” como afirma o Estudo nº 101 da CNBB que aborda a “Comunicação na vida e na missão da Igreja”.



Foram de muita importância também as cartas, mensagens, artigos e materiais de divulgação elaborados pela Equipe de Reflexão do Regional e pelo bispo referencial, Dom Vilson Dias de Oliveira, DC que orientaram os agentes e as equipes da Pastoral da Comunicação na ação evangelizadora em consonância com toda a Igreja. E recentemente, o Estudo nº 101 da CNBB torna-se um grande vetor para a articulação da comunicação na vida da Igreja uma vez que o mesmo está sendo discutido pelos agentes nas Igrejas Particulares na perspectiva de contribuir no Plano Pastoral.



DIFICULDADES

É importante notar que o perfil dos participantes dos últimos Encontros Regionais da Pastoral da Comunicação é de agente que está iniciando a caminhada na pastoral e muitas vezes implantando essa atividade em suas dioceses e paróquias. Porém, torna-se difícil ter um perfil uniforme de agentes que unidos possam estudar, refletir, planejar e estruturar a caminhada pastoral do Regional a partir das ações desenvolvidas em cada Igreja Particular e dos encontros formativos. Ou seja, uma equipe que possa estar no mesmo nível de caminhada pastoral e avance. Há rotatividade nas equipes da Pastoral da Comunicação. Sendo assim, é difícil apresentar um plano de ação adequado para as (arqui) dioceses, pois muitas estão implantando e reestruturando a Pastoral da Comunicação. Nesse contexto, há o desafio de integrar todos esses agentes numa mesma caminhada da Igreja presente em nosso Regional.



Portanto, é um desafio, principalmente para a Equipe de Reflexão do Regional Sul 1 da CNBB ao preparar um encontro e até mesmo durante a realização, corresponder com os anseios, questionamentos e expectativas dos agentes pastorais, tanto dos iniciantes e quanto daqueles que já atuam a bastante tempo.



DESAFIOS

O recurso humano é sempre um desafio para toda a Igreja quando se fala de Pastoral da Comunicação. Concomitantemente, a formação e a capacitação dos agentes tornam-se um desafio e uma urgente necessidade que precisa acontecer permanentemente para que a comunicação esteja alinhada com os novos parâmetros da cultura midiática na contemporaneidade.



A mudança de mentalidade de nossas lideranças quanto à importância da comunicação na ação evangelizadora e a revisão das práticas metodologias pastorais, principalmente da catequese e da liturgia no objetivo de atingir sempre mais pessoas com a mensagem do Evangelho.



É um desafio também para a Igreja apropriar-se das novas tecnologias midiáticas em seus veículos com um suporte de alta definição de comunicação.



SUGESTÕES

É importante a elaboração de um Plano de Ação que contemple todos os objetivos e metas da Pastoral da Comunicação tendo presente a realidade da Igreja local. Também a formação dos agentes pastorais por meio da Escola Diocesana de Comunicação ou em parceira com instituições de ensino do setor que conte com profissionais da área que possam capacitar e subsidiar as equipes na elaboração de produtos editorais mais qualificados.

Dom Vilson Dias de Oliveira, DC

Bispo Referencial da PASCOM CNBB - Sul1

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Visita a Curia Diocesana

    

                 A secretaria do centro pastoral Sra.Denise,recebeu a visita da secretária da Paróquia São João Batista que passou o dia conhecendo a rotina da Curia Diocesana a pedido do Pároco Pe. Mauro que prometeu que a secretaria repetira a visita periodicamente.





quinta-feira, 28 de abril de 2011

Reunião da Pascom


setor Caraguatatuba
Atendendo a proposta dos agentes da pastoral, foram realizadas as duas reuniões de setor em Ubatuba e Caraguatatuba, para tratar de assuntos referentes a caminhada dos grupos nas paroquias e da organização do Mutirão de Comunicação que acontece no dia 4 de junho, em comemoração ao Dia Mundial das Comunicações.


setor Ubatuba

O evento que é aberto a participação de todas as pessoas interessadas em saber um pouco mais sobre comunicação na Igreja, deve acontecer na Catedral e tera 6 oficinas : Comunicação na Liturgia, Tecnicas de como falar em publico, Redação propria para sites e noticias em geral, fotografia, Utilização das Redes Sociais e Elaboração de faixas, cartazes e folhetos promocionais.

Um video sobre PAROQUIA EM COMUNICAÇÃO tambem será exibido entre outras participações que serão confirmadas.
Outra iniciativa que deve gerar muito empenho das equipes paroquiais é a campanha para organizar um arquivo fotografico nas paroquias, considerando que as imagens fotograficas são importantes para se iniciar um acervo histórico dessas comunidades.

O Dia Mundial das Comunicações este ano comemorado no dia 5 de Junho sera especial em todas as paroquias. O proximo passo da coordenação diocesana, tendo o apoio do setor de comunicação da Diocese, é procurar implantar nas demais paróquias os grupos de Pascom.
Junto ao setor de comunicação com acompanhamento do bispo diocesano e com o apoio das equipes de Pascom e delegados pelas paróquias, deve ser o relançado o novo site da Diocese de Caraguatatuba, provavelmente no encerramento do Mutirão de Comunicação, dia que também acontece a entrega do Premio Francisco de Sales e Dom Bosco aos jornalistas da região que participam do concurso.












quarta-feira, 27 de abril de 2011

Amigos Coord. da Pascom do setor Caraguatatuba

Hoje,27/04, reunião da Pascom na Paróquia Santo Antonio ás 19h30.

Vamos Participar!

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Boa Páscoa,P@scom!!


                                                                                                                                                         O girassol é uma flor de cor amarela, formada por muitas pétalas, de tamanho geralmente grande. Tem esse nome porque está sempre voltado para o Sol.


O girassol, como símbolo da Páscoa, representa a busca da Luz que é Cristo Jesus e, assim como ele segue o astro rei, os cristãos buscam em Cristo o Caminho, a Verdade e a Vida.
O Girassol só pode ser feliz se para o Sol estiver orientado.
É por isso que eles não perdem tempo com as sombras.


Sejamos como os girassóis..........


Que Cristo seja cada vez mais a Luz, a Força e a Energia da Pascom!